• Atendimento(43) 3321-4303
  • Whatsapp

    (43) 98808-9138

Aviso X
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit

0

R$ 0,00
X

Que pena!

Ainda não há itens em seu carrinho.

De Onde Vem as Pérolas

 

De onde vem as Pérolas? 

Aqui é o lugar certo para conhecer e entender mais sobre essa gema que nos encanta!

A MBastos & CO trabalha com Pérolas cultivadas de água doce provenientes da Asia (China, Tailandia, Indonésia e Japão). 95% da produção de Pérolas de água doce do mundo são chinesas. A escala de qualidade que a MBastos & CO trabalha é a partir de 8 (existe no mercado uma escala de 1 a 10).

O processo de cultivo de uma pérola se dá a partir de uma membrana introduzida dentro do molusco pelo homem. Depois da membrana ser introduzia na concha, elas são devolvidas aos rios e o molusco cobre esta partícula com Nácar (cálcio carbonado) produzindo a pérola. Quanto mais velha for à concha, o lustro (luminosidade) da pérola vai ficando cada vez melhor e ela cada vez maior. O tempo médio para crescimento das pérolas é de 3 a 5 anos.

O formato da perola depende de onde ela se aloja dentro do molusco. Quanto mais central ela ficar, mais chances de crescer redonda. Dentro do molusco existem várias dobras que naturalmente as pérolas vão se instalando. Elas acabam ficando com o formato exato do local onde cresceram. As pérolas coloridas podem ser naturais. Substâncias presentes na água também podem ser incorporadas à pérola, por isso sua cor varia de acordo com o ambiente, gerando as mais diversas tonalidades. A cor da pérola varia também conforme a saúde das ostras: as cores mais comuns são variações de rosa, lilás creme, branca, cinza e preta. Pérolas que tem coloração diferente destas citadas acima são tingidas artificialmente num processo muito delicado que faz com que as cores não “descasquem” nunca.

 

Sobre o mundo das Pedras:

  A gema, expressão utilizada para caracterizar as pedras de valor, não faz distinção entre pedras preciosas e semi-preciosas. Antigamente, acreditava-se que as pedras preciosas eram apenas o diamante, a esmeralda, a safira e o rubi, fazendo com que todas as outras gemas fossem consideradas semipreciosas.Foi então que com o tempo e o aprimoramento de estudos acerca do assunto, que se chegou à conclusão de que não existem pedras 'semipreciosas', uma pedra é simplesmente preciosa, ou não. 

 Para caracterizar e classificar o valor de uma gema, é utilizada uma combinação de características conhecidas como “4 C's” – Cor, pureza, quilate e lapidação. As pedras preciosas são matérias que, tal como nós, os homens, os animais e as plantas, estão subordinadas às leis que regem o mundo. E para elas crescerem necessitam de milhões de anos. A natureza participa da criação de cada ser vivo, assim também no caso das pedras preciosas e minerais. Pressão, temperatura, águas subterrâneas e movimentações da superfície terrestre impregnam cada pedra preciosa. Milhões de anos foram necessários para que na massa original da superfície terrestre, fosse criada uma multiplicidade de minerais e de cristais. Os minerais e os cristais necessitaram de aproximadamente o mesmo tempo de desenvolvimento da história de nossa Terra para se tornarem tão completos, multifacetados e com o seu esplendor cromático. 

 

A MBastos & CO busca trabalhar sempre com materiais nobres que valorizam a belesa feminina. Assista ao vídeo explicativo do nosso canal do YOUTUBE: